Ministério Público recebe denúncia de fraudes em compras da Prefeitura de Italva


Presidente da frente parlamentar que investiga o uso de recursos públicos para combate à pandemia Covid-19 em municípios do Estado do Rio de Janeiro, o deputado estadual Filippe Poubel (PSL) formalizou ao Ministério Público denúncia de suspeita de superfaturamento na compra de insumos em Italva, no Noroeste Fluminense.

FOTO: DIVULGAÇÃO

Segundo a denúncia, a Fundação Municipal de Saúde de Italva realizou a compra de diversos insumos para atender as famílias residentes na cidade. Na peça apresentada ao MP, Poubel pede a instauração de procedimento investigatório para apuração de possível crime contra a administração pública.


O deputado enumera indícios de fraude no processo licitatório e de superfaturamento na aquisição de cestas básicas e também de testes rápidos para diagnóstico da Covid-19. Na representação ao Ministério Público, Poubel chama atenção, entre outros fatos, para a divergência de valores em um mesmo teste fornecido à Fundação Municipal de Saúde.


No processo de compra número 06/00327/20/2020, cobrou-se o valor de R$ 65  enquanto no processo 06/00185/20/2020, o mesmo teste foi vendido pelo valor de R$ 220. 


"São fortes os indícios de superfaturamento na compra de insumos para o combate à Covid-19 em Italva, crimes de improbidade administrativa e dano ao erário. Continuarei percorrendo os municípios, levantando informações e denunciando ao Ministério Público Estadual. Cada centavo roubado eu vou fiscalizar, doa a quem doer", afirma Filippe Poubel, presidente da frente parlamentar na Assembleia Legislativa (Alerj) que investiga o uso de recursos públicos para combate à pandemia Covid-19 nos municípios.


Juliana Oliveira 

Assessoria de imprensa