InícioCidadeDe nova UTI à Certidão Negativa de Débitos: o resgate do Hospital...

De nova UTI à Certidão Negativa de Débitos: o resgate do Hospital de Miracema

spot_img

*Natália Oliveira

O Hospital de Miracema, filiado à Femerj, deve concluir até setembro a tão esperada obra da UTI, que terá dez leitos individuais, um posto de enfermagem central, farmácia, sala de equipamentos e sala de reunião. A nova Unidade de Terapia Intensiva é um sonho antigo dos administradores do hospital e faz parte de um grande projeto que busca resgatar a credibilidade da unidade de saúde e melhorar o serviço para a população, tanto para pacientes atendidos pelo SUS, quanto para atendimentos pela rede privada e pelos planos de saúde.

A nova diretoria assumiu em junho de 2019 e há dois anos vem revolucionando a gestão da unidade de saúde do município do noroeste fluminense. O Hospital de Miracema tinha uma dívida com fornecedores de R$ 450 mil reais que foi completamente quitada. Também foram renegociados débitos com a Enel, no valor de mais de R$700 mil reais, e de INSS, que ultrapassam um milhão de reais. Além disso, foram regularizados os pagamentos de salários e o décimo terceiro dos funcionários, que passaram a receber o teto das categorias rigorosamente em dia. Foi feito ainda um Termo de Ajustamento de Conduta junto ao Ministério Público para adequação do hospital às normas de vigilância sanitária, que já foi cumprido quase em sua totalidade.

“Desde que assumimos vivemos uma luta diária para resgatar a confiança do nosso hospital. Recebemos uma carta do MP nos parabenizando pelo nosso empenho. Além da organização das contas, estamos melhorando o corpo clínico. Hoje temos um cirurgião do aparelho digestivo, um urologista, um gastroenterologista, um radiologista e mais um cardiologista. Conseguimos comprar um arco cirúrgico para começar o serviço de ortopedia no nosso município, que estamos correndo para cadastrar no SUS. É sem dúvida um resgate do hospital”, afirmou Saulo Vidal, diretor geral do Hospital de Miracema.

Quando a nova gestão começou a trabalhar, encontrou vários problemas graves, mas o pior deles talvez tenha sido uma carta avisando que o Hospital de Miracema estava perdendo o certificado de filantropia. Saulo contou que a notícia foi desesperadora porque significaria a falência da unidade de saúde, mas que a nova equipe regularizou as pendências, foi até  Brasília e conseguiu reverter a situação. Com o Hospital “nos trilhos”, vários setores estão sendo reformulados, como a área de diagnósticos, que conta hoje com tomografia, ultrassonografia, urodinâmica, colonoscopia e endoscopia. As enfermarias foram 100% climatizadas e foi inaugurada uma nova maternidade para atender pacientes do SUS.

Saulo Vidal ressaltou que muitas dessas conquistas, inclusive a nova UTI, só se tornaram possíveis pela incansável dedicação dos administradores, que são de Miracema e amam a cidade. O diretor disse que levantar o hospital se tornou o principal objetivo do grupo formado por ele; pelo gestor hospitalar, Jean Mota Monteiro; e pelo diretor clínico, Leandro Pinheiro. A administração do Hospital de Miracema contou ainda com uma parceria essencial do prefeito do município, Clóvis Tostes, que abraçou a causa.

“Sou um sonhador. Quando assumi como diretor geral foi com o sonho de melhorar o Hospital, junto com as pessoas da cidade. Há dois anos só se falava em fechar as portas. Hoje, o Hospital de Miracema se reergueu e está resgatando a credibilidade. A população está voltando a acreditar no hospital, a procurar nossos serviços, que estão cada vez melhores. A estrutura está melhor, estamos construindo a UTI, estamos em tratativa para começarmos a utilizar energia solar…A gente não para”, explicou Saulo.

Em dois anos de gestão, a nova equipe do Hospital de Miracema conseguiu conquistar a Certidão Negativa de Débitos. Do ponto de vista clínico e estrutural, além de todas as conquistas já enumeradas, foram adquiridas duas mesas cirúrgicas novas adaptadas para obesos, dois focos de LED, quase 30 bombas de infusão e uma torre full HD. O  hospital começou a atender pacientes com obstrução da via biliar, a realizar cirurgias bariátricas e a oferecer cirurgias utilizando vídeo.

Em breve, será feito o cadastro de um neurocirurgião, contratado pelo hospital para começar a realizar cirurgias e procedimentos neurológicos na cidade, o que hoje não acontece. Com a entrega da nova UTI, a luta será para equipá-la e o hospital precisará contar com o apoio da prefeitura de Miracema e dos parlamentares.

COVID-19: Mais um desafio para o Hospital de Miracema

A pandemia do novo coronavírus foi um desafio para toda a rede de saúde do estado, em especial para os hospitais filantrópicos. O Hospital de Miracema criou uma ala específica para atendimento de pacientes com Covid, com dez leitos de UTI dedicados, que hoje estão com lotação máxima. O diretor geral do hospital disse que as principais dificuldades enfrentadas foram relacionadas à elevação do preço dos medicamentos e equipamentos de proteção individual, o que triplicou o custo da farmácia.

Outro desafio foi o número reduzido de mão-de-obra capacitada para atender pacientes com a Covid-19. Segundo Saulo, o Hospital de Miracema conta com um grupo de médicos restrito, que vem trabalhando arduamente, de forma exaustiva, para não deixar a população desassistida.

Durante a pandemia, o Hospital também adquiriu dois novos equipamentos para a Usina de Gases Medicinais, aumentando a capacidade de produção interna de oxigênio e ar comprimido. Com isso, apesar da crise de falta de oxigênio ocasionada pelo aumento dos casos da Covid-19, o Hospital de Miracema não passou por dificuldades e conseguiu suportar a demanda.

 

Fonte: https://www.femerj.org.br/

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

MAIS POPULARES

COMENTÁRIOS RECENTES