InícioDESTAQUESDeputado Federal Chiquinho Brazão quer a divulgação de imagens e áudio do...

Deputado Federal Chiquinho Brazão quer a divulgação de imagens e áudio do VAR em tempo real

A Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 6228/2019, de autoria do deputado federal Chiquinho Brazão – RJ, que torna obrigatória a divulgação das imagens e do áudio, em tempo real, das conversas entre os árbitros no caso de utilização do VAR, o Sistema Árbitro de Vídeo.

Segundo Chiquinho Brazão, parte da cúpula da Confederação Brasileira de Futebol também vem demonstrando descontentamento com o VAR, devido à demora na checagem de lances. Uma ferramenta tecnológica com um grande potencial para auxiliar em lances duvidosos, vem causado muita polêmica tanto para os clubes como torcedores.

“A finalidade principal do VAR foi dar mais transparência ao esporte e essa ferramenta tão importante está sendo utilizada da forma incorreta. Se foi anulado o gol, o porquê. Se foi falta, se houve impedimento, se saiu a bola etc. Tudo que eles estiverem conversando, nós precisamos acompanhar em tempo real”, destacou o deputado federal Chiquinho Brazão.

Chiquinho Brazão destacou ainda que o projeto vai permitir que o torcedor consiga comemorar o gol, o que não acontece atualmente devido a demora na decisão dos árbitros. “Nós tiramos a alegria daquela comemoração no momento exato do jogo. O torcedor acaba saindo para ir ao banheiro, apanhar uma cerveja e, quando retorna depois de quatro ou cinco minutos, é que sai a decisão do árbitro, se foi gol ou não.  Mas na verdade o torcedor só recebe a informação do gol, ele não comemora, e esse não é o espírito do futebol.  Com o projeto, que permite que o torcedor tenha acesso às decisões do árbitro a tempo real, ele vai ficar preso assistindo o porquê da posição do árbitro”.

O projeto vem ganhando destaque e despertando o interesse principalmente entre os amantes do futebol, já foi pauta de Audiência Pública da Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados, que contou com a presença de atletas, jornalistas desportivos, representante da Associação Brasileira de Treinadores de Futebol (ABTF), além de presidentes de clubes.

Agora o projeto precisa passar pela Comissão de Constituição e Justiça e, em seguida, segue para o Senado Federal.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS POPULARES

COMENTÁRIOS RECENTES