InícioDESTAQUESReunião do Conselho Municipal de Educação em Itaperuna

Reunião do Conselho Municipal de Educação em Itaperuna

Em Itaperuna, RJ, membros do Conselho Municipal de Educação (CME) se reuniram com o secretário Municipal de Educação, Marcelo Poeys, no auditório da Secretaria Municipal de Educação (SEMED).

Na oportunidade foram realizadas apresentações, do secretário e integrantes do CME, ampliando a discussão sobre vários assuntos de interesse da Educação Municipal, e uma ênfase especial ao plano de retomada às aulas presenciais.

O secretário Marcelo Poeys solicitou ao colegiado, uma análise criteriosa com sugestões para o retorno ao ensino presencial, e possível revisão do atual plano de retomada em vigor. A Prefeitura deseja o retorno imediato da volta às aulas, no entanto, há algumas questões que estão pendentes, como por exemplo, licitação de merenda e Agricultura Familiar em fase final; ônibus escolares sem condições de uso, precisando de manutenção, e aguardando a instalação do sistema da empresa vencedora da licitação de controle de frota; dentre outras questões.

Sindicatos, Conselho Municipal de Educação, profissionais de Educação, dentre outros são favoráveis ao retorno apenas 15 dias após a aplicação da segunda dose da vacina nos profissionais. Caso isso seja tomado por base, somente em outubro de 2021, o município estaria com 100% da rede imunizada.

Já a rede particular vem sendo pressionada por conta dos pais estarem pagando mensalidades e; alguns pais reclamando dos filhos em casa. Também em relação a creches, há pais querendo o retorno, pois precisam voltar ao trabalho e não tem onde deixar seus filhos. Até hoje, o comitê de avaliação não fiscalizou as creches para avaliação da infraestrutura e ações de prevenção à covid-19. O secretário Marcelo Poeys solicitou reunião urgente com o comitê.

É importante mencionar a opinião sanitária (Saúde), que menciona o retorno 15 dias após a segunda dose e com bandeira laranja, amarela ou verde (vermelha e roxa, não voltar) e hoje, no mapa de risco, Itaperuna está com a bandeira vermelha.

O município trabalha com o sistema de ensino híbrido na Rede Municipal (presencial e remoto). As escolas funcionam com 30% da capacidade de alunos, que os pais autorizaram por escrito o retorno presencial de seus filhos. A escola que há mais alunos frequentando é a Escola Nossa Senhora das Graças com 28.75% dos alunos, e em média geral, há apenas 15.30% dos alunos de forma presencial. A maioria dos pais, não autoriza o filho no retorno, inclusive, assinando documentos sobre essa proibição.

Alguns fatores identificados que podem estar influenciando a decisão dos pais pelo não retorno são: medo da doença; medo da responsabilidade, pois assinam uma declaração de responsabilidade pelo filho, caso ele venha contrair covid-19 e suas consequências, isentando a Escola e Município de qualquer responsabilidade.

KITS ALIMENTAÇÃO

A Prefeitura de Itaperuna, através da Secretaria Municipal de Educação, vem distribuindo Kits Alimentação para todos os alunos matriculados, ou seja, se numa residência há quatro alunos matriculados, essa residência recebe quatro kits. O Kit Alimentação está ajudando consideravelmente na renda familiar em tempos de pandemia. Caso o filho retorne ao sistema presencial, o kit deixa de ser entregue, pois o aluno voltaria a ter a merenda na escola. Esse fator pode ser uma questão preponderante, que influencia na decisão das famílias de baixa renda, pelo não retorno da volta às aulas presenciais.

DECOM – Itaperuna

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS POPULARES

COMENTÁRIOS RECENTES