InícioDESTAQUESSuspeito de Estupro de Vulnerável, Moisés Matos, foi preso em Diamantina/MG

Suspeito de Estupro de Vulnerável, Moisés Matos, foi preso em Diamantina/MG

Moisés Matos, foi preso em Diamantina/MG, suspeito de Estupro de Vulnerável.

Aguarde, mais informações.

 

RELEMBRE O CASO:

Mãe de menina de 12 anos é presa em Miracema, suspeita de realizar chamada de vídeo da filha nua para Moisés Matos

A mãe da criança recebeu dinheiro de Moisés. Nesse mesmo dia, após praticar atos libidinosos com a criança, o suspeito, na presença da vítima, manteve relações sexuais com a sua mãe. A equipe da 137ª DP de Miracema diligenciou no local onde recolheu diversas provas que comprovaram o depoimento da vítima.

Em atendimento a representação do delegado titular da 137ª DP de Miracema, Gesner César Bruno, o Juiz da Vara da Violência Doméstica e Familiar da Comarca do município, decretou a prisão preventiva da mãe e de Moisés Alves de Matos, que se encontra foragido.

“Consta também que a genitora da vítima realizou chamada de vídeo para Moisés, no qual exibia a criança nua enquanto ele se masturbava. Segundo o relato da vítima, a sua mãe fez vários vídeos e tirou diversas fotos da mesma nua e as enviou ao suspeito. Com vistas a se esquivar da responsabilidade penal, a mãe da menor a proibia de contar tais acontecimentos para alguém dizendo que, se esta o fizesse, a deixaria roxa e que se descobrisse alguma denúncia, mandaria os meninos do morro matarem seus avós, os quais são muito próximos”, disse o delegado Gesner César Bruno.

A mãe da vítima se apresentou na 137ª DP de Miracema nesta sexta-feira (27), e em seguida foi transferida para 136ª DP de Santo Antônio de Pádua de onde posteriormente será encaminhada para o presídio feminino de Campos dos Goytacazes.

Segundo o delegado titular da 137ª DP de Miracema, embora seja legal a divulgação de fotos de suspeitos por motivos justos, como no caso de foragidos, visto que a lei de abuso de autoridade criminaliza a divulgação de fotos dos criminosos sem motivo justo, como por exemplo, divulgar apenas como se fosse um troféu ou mera exibição. Não iremos divulgar o nome nem a foto da genitora da vítima, pois com certeza levaria a identificação da criança, o que certamente causaria transtornos irreparáveis a mesma. A polícia civil solicita que a imprensa continue divulgando as fotos de Moisés.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS POPULARES

COMENTÁRIOS RECENTES