InícioDESTAQUESMiracemense Julia Bueno, cria aplicativo de Neurociências 

Miracemense Julia Bueno, cria aplicativo de Neurociências 

Ferramenta tem o objetivo de facilitar o aprendizado, por meio de jogos, quizzes e indicação de materiais complementares

Por Paulo Maia

Você sabe o que é Neurociências? Como ela é aplicada no cotidiano das pessoas? Já enfrentou dificuldades para entender certos conceitos desse ramo do conhecimento humano? Saiba que você não está sozinho. E foi pensando nisso que uma aluna do Instituto de Saúde de Nova Friburgo (ISNF), unidade de ensino superior da Universidade Federal Fluminense (UFF) no município, criou o aplicativo Neuro Digital.

Julia Bueno, de apenas 21 anos, teve a ideia de criar uma ferramenta digital que pudesse ajudar os colegas de faculdade a entender a disciplina de Neurociências. De acordo com a estudante, que saiu de Miracema, no interior do Rio de Janeiro, para cursar Biomedicina no ISNF, o Neuro Digital oferece uma série de instrumentos que facilitam o aprendizado.

“Tem quizzes, jogos sobre a matéria e também o site da disciplina, onde estão disponíveis materiais complementares, como vídeos, podcasts e e-books construídos pelos próprios alunos”, revela a estudante, que também é monitora da disciplina na mesma instituição.

Julia Bueno é integrante do projeto Neurociências Digital, coordenado pela professora Caroline Fernandes. Segundo a professora, “a Neurociências é ministrada nos Cursos de Graduação em Biomedicina e Fonoaudiologia do ISNF, mas todos os alunos podem testar e avaliar o aplicativo, mesmo aqueles que ainda não cursaram a disciplina”.

Para baixar o aplicativo, basta acessar o link https://bit.ly/2X38JsJ. Quem tiver dificuldades na hora do usar pode consultar todas as explicações no link https://www.youtube.com/watch?v=5EZC7tnhJq0. Por fim, a avaliação da ferramenta pode ser feita no link https://bit.ly/3liW0dz.

A Neurociências

Segundo Caroline Fernandes, “a Neurociências estuda a estrutura e o funcionamento do sistema nervoso, e os conhecimentos dessa área incluem o entendimento sobre a comunicação entre os neurônios, a anatomia e o desenvolvimento, assim como aspectos cognitivos complexos, como a linguagem, a personalidade e o comportamento”.

“O aplicativo facilita o entendimento e a memorização do conteúdo, que é muito extenso. Além disso, mostra aplicações da Neurociências nas atividades mais básicas do cotidiano, como levar a mão à boca, por exemplo, e a relação dessas atividades com o sistema nervoso central”, conclui Julia.

Fonte: http://isnf.sites.uff.br/

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS POPULARES

COMENTÁRIOS RECENTES